Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

a herança do vazio

Blogue de pensamentos, acontecimentos, experiências, viagens e coisas minhas.

a herança do vazio

Blogue de pensamentos, acontecimentos, experiências, viagens e coisas minhas.

Junho 15, 2021

m.

A nova forma de guerra, insurreição, ou mesmo má educação. Ou melhor, o novo berço da estupidez Humana. 

Quando comentamos algum post, sabemos que será lido por muitos cibernautas. E desses há os anormais, os animais, e os do contra (isto só para ser suave na nomeação). *

Não sou muito de comentar, ou se comento, respeito sempre, quem publica, e os comentadores. Mas se formos ler os comentários, à medida que vamos aumentando o número de comentários, aumentam, os insultos, o sem sentido, as agressões verbais, o ripostar sem respeito, e partimos para a parvoíce e estupidez  geral, porque depois é como uma bola de neve, não para e só cresce. 

Por enquanto ainda vivemos num espaço cibernético, onde podemos dizer o que pensamos, mas a nossa liberdade termina, quando invadimos o espaço do outro, e infelizmente cada vez se vem mais e piores invasões. Não me admira que a CR tenha escrito um livro só com comentários, acho que com as FP é pior, e quem somos nós para julgar, ou difamar, alguém? Nós cidadãos anónimos, gostamos de opinar (eu incluída), mas devemos sempre respeitar, e ponderar os nossos limites, porque a palavra também pode ser uma forma de violência. 

Pessoas!

Respeito é Preciso!

* MInha definição (Pessoal e baseada na minha experiência).

Os anormais, deturpam as tuas palavras, e opinião.

Os animais, só sabem insultar, parvar e nadar na estupidez.

Os do contra, são como uns pequenos ditadores, não respeitam a opinião dos outros e só a sua é válida. 

Outubro 28, 2020

m.

Um dia destes liguei a tv, como não reparo em que canal estava, quando dei por mim, estava  a ouvir uma "verborreia" de agressões, até temi que os vizinhos estivessem com problemas, mas não, afinal era da novela da "vida real" de um canal português.

Se isto pretende retratar alguma coisa, estamos mal. Ainda por cima os argumentos do agressor não eram nada convincentes e coerentes, e a vítima, olhava, com ar muito sereno (parabéns moça), porque no meio de tanta verborreia, todos se perderam um bocado. 

Abril 21, 2020

m.

Uma data histórica, e se me perguntarem onde estava, acho que algures a crescer no ventre da minha mãe...

Agora a sério, o Abril também nos deu esta liberdade a de nos expressarmos, opinarmos, sermos claros e objectivos pensadores.

E tal como eu e muitos portugueses, não celebrar a data, tendo em atenção os tempos que se querem de isolamento, faz todo sentido, porque apesar do espaço ser grande, há um número exagerado de pessoas, entre deputados, convidados e outros...Há que ter em atenção os esforços e sacrifícios que nos pedem e não podemos exigir dos outros aquilo que nós próprios não fazemos.

Sempre ouvi e, que o exemplo vem de cima, mas desta vez neste Abril de 2020, acho que o exemplo vem do baixo, do povo, que mais uma vez cumpre e revolta-se na sua liberdade  ficando em casa. 

Por Abril, pela minha e pela tua liberdade, Fica em Casa. 

Março 17, 2020

m.

 

 Eu sendo uma profissional de Saúde tenho de vir trabalhar todos os dias, esse será o meu contributo, colocar-me em risco todos os dias, para que vocês possam sair de casa o mais rápido possível, ou porque as doenças existem e não acabaram com o Covid-19; era bom, era, assim estávamos todos apenas concentrados nele, mas não, há mais para além do Covid-19, e nós todos estamos convocados, e respondemos, SIM. 

Eu tomo todas as precauções e cuidados amplamente divulgados, os quais volto a divulgar para aqueles mais esquecidos, e repito, porque mais do que nunca é IMPORTANTE a LAVAGEM DAS MÃOS, O NÃO TOSSIR, O DISTANCIAMENTO, A DESINFECÇÃO DE BENS, e tudo o que está inerente a uma infecção. 

E agradeço aos que PODEM E DEVEM ficar em casa, por eles e por nós.

Esse é mesmo a melhor forma de TODOS nos PROTEGERMOS.

 

FIQUEM EM CASA

 

A quarentena, não é fácil, e quanto mais depressa nos mentalizarmos que é mesmo necessária, mais rápido, podemos andar ao ar livre, abraçar, estar em contacto uns com os outros e conviver. 

Este bicharoco é resistente e muda, e infecta, e mata e afecta toda  a nossa vida, por isso vamos ser nós os primeiros a travá-lo.

 

#FIQUEMEMCASA

 

 

 

 

Janeiro 21, 2020

m.

Olhem pessoas, eu sei que está frio, as temperaturas estão super baixas (não estiveram já mais baixas), mas vamos lá pensar com calma...

Janeiro, o Inverno começou a 21 de Dezembro, ou por esses dias.

Logo é  o primeiro mês com Inverno a sério, portanto, o FRIO, tem de fazer parte obrigatoriamente deste mês, assim como as geadas, a neve, a chuva, o frio, qual é na verdade o espanto, de começarmos as notícias a dizer que está frio, como se fosse uma realidade do outro mundo.

Atinem!

Janeiro 03, 2020

m.

Desde, 1 de Janeiro, consumo assiduamente as notícias, porque aqui em casa é muito importante, o problema, é que se vês só num canal, às 13, e às 20, são iguais, pouco ou nada acrescentam, e supostamente quando mudas de canal, terias outras notícias, só que não, só mudam a grelha de visualização, vês primeiro num canal, e depois no outro com poucas diferenças. Mas eu até tolero, quer dizer, não haver notícias, é bom sinal, que seja. 

Mas, a coisa complica-se quando no dia seguinte dás por ti a ouvir, as mesmas notícias, ou com um ou outro novo apontamento, e pá, ninguém aguenta, tanta falta de consideração.

E ainda me perguntam porque vejo tv estrangeira????

Desculpem o "é pá", mas agora até marchava um geladinho, para poder mascar tanta falta de respeito. 

Abril 18, 2019

m.

Alívio, porque já não há aquele sentimento de pressão, sobre os combustíveis e a loucura que se instalou um pouco por todo o país. Quando comecei a ver aquelas filas enormes e os perigos, que a falta dos combustíveis nos fazem, a dependência que afinal todos nós temos de uma indústria, que se quiser para tudo e todos.

Consternação, pela dolorosa tragédia na Madeira, com tantos mortes.

 A importância do cinto de segurança, que felizmente de há uns anos para cá também existem nos autocarros, é obrigatório, embora a maioria das pessoas não ligue, mas se os colocamos nos carros e somos multados, porque não também nos autocarros.

Páscoa uma época de reunião familiar e de Paz.

Abril 16, 2019

m.

Ontem foi uma tarde, estranha, triste e de expectativa. Depois do trabalho não tenho por costume ligar a tv, mas ontem passei por ela e liguei, não sei por quê. Quando vi "última hora", fico  apreensiva e o som mais alto, mas continuavam a falar e não me parecia que fosse da "ultima hora", leio o rodapé, e mudo para um canal de notícias e ai sim, fiquei perplexa, apavorada, ao ver a dimensão do fumo e das chamas, medo por  perdermos, não um Edifício, não uma Igreja, mas um Símbolo Universal, pela sua  história e cultura,a ele associados e que nos habituamos a que esteja sempre por ali, sobreviveu a guerras e a revoluções, e estava ao vivo através das nossas televisões, a ser consumido pelas chamas e nós não conseguimos deixar de olhar, de ver e de perceber o sem sentido da situação.

 

Mais sobre mim

foto do autor

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Arquivo

  1. 2022
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2021
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2020
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2019
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2018
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2017
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
Em destaque no SAPO Blogs
pub