Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

a herança do vazio

Blogue de pensamentos, acontecimentos, experiências, viagens e coisas minhas.

a herança do vazio

Blogue de pensamentos, acontecimentos, experiências, viagens e coisas minhas.

10
Jan19

Doação e colocar a ler quem não o faz

m.

Escolhi uns quantos livros para doar á biblioteca da  cidade onde moro,  e antes de ir carregada que nem um camião, passo por lá e pergunto ao funcionário se aceitam doações de livros (todas as bibliotecas deveriam aceitar, penso eu), ele com muita má vontade responde, nem por isso, é difícil, têm de ser aprovados pela Drª Fulanita tal e é complicado. Agradeço e saio muito indignada e frustada, menos mal que não tinha lá os livros, ainda lhos mandava ao "fucinho". Contacto outra biblioteca e na mesma semana combinamos a doação, a sensação de doar algo e ver logo a disponibilidade e o agradecimento pelos livros que ainda nem os tinham recebido, deixou-me muito feliz. O meu problema é que não moro lá, e tive de pedir auxílio ao meu pai, que é um sujeito com um humor que nem vos conto....

" -Pai, podes por favor durante a semana ir entregar este saco de livros à biblioteca? Já está ai o impresso preenchido.

-Mas são só estes? Não queres mandar aqueles, daquelas estantes?

- Nem penses, são só os do saco, está bem!!!! "

Olho para as estantes e vejo o livro A Filha do Capitão do José Rodrigues dos Santos, e rapidamente tiro-o da estante e digo para ele o ler, fala sobre os nossos soldados e a Primeira Guerra Mundial, tinhamos acabado de ver uma reportagem e estava entusiasmado.

Resposta: Ah deixa aí, deve ser giro. 

 Ele disse sim....consegui que o meu pai lesse um livro ou pelo menos pegasse nele. Ontem fui ao quarto dele e qual não é o meu espanto  que já em leitura avançada para quem pouco ou nada lê.  O pior foi abrir a página e ver que o marcador era apenas e só a folha dobrada......isso quase que me deixou triste, mas depois fui buscar um marcador e ofereci-lho.

Ele está a gostar, lê é um bocadinho devagar....segundo ele a idade pede  descanso e leituras só quando o sono não chega.....

13
Nov18

"Casinha"

m.

No domingo a noite fui tal como muitos portugueses surpreendida (mesmo nada) pelas noticias, e qual não é o meu espanto, que ouço falar em  "casinha". Logo me veio ao pensamento, quem é que tal como eu quando vai à  casa de banho se refere a ela como "casinha" ????

Afinal era outra.....

12
Jul18

Fomos a Madrid e a Segóvia; peripécias

m.

Olhem só mesmo eu para começar a correr assim que vejo uma estátua de um dos meus pintores que sempre quis conhecer as suas obras originais, as réplicas essas já as tenho, obrigado.

Diego Velázquez, sabia que no Museu do Prado, havia uma porta Velázquez, e andava à procura, quando a encontrei, delirei. assim mesmo, eufórica e excitada como uma criança numa noite de Natal, e pedi ao nosso guia a nossa bandeira, porque hoje estávamos em Espanha mas também a pensarmos em Portugal e saco do telemóvel e peço para nos tirarem a foto,  a mim à bandeira e ao pintor, ao qual cortaram a cabeça, pânico, assim que vi a foto só queria voltar para trás e voltar a pedir a alguém que soubesse mesmo tirar fotos, para a repetirmos, mas não houve tempo, o restante grupo já se estava a afastar e tive de correr em plenas "calles de Madrid" atrás do guia para lhe devolver a bandeira. Só eu, felizmente alguém tirou uma foto como deve de ser, mas só a vi passado uns dias. Obrigado J.

O resto do tempo portei-me como uma pessoa normalita, sem correr a tirar objectos ás pessoas, excepto no domingo de manhã, emoção de estar no estádio do CR, foi superada por poses estranhas a ouvir os hinos das celebrações, ao pé das taças, será que existe outro clube com tantas ou mais taças de todos os tamanho, feitios e importância. Mas foi uma emoção controlada, pena que entretanto o CR tenha saído, por motivos que nem quero opinar.

Em Segóvia a única peripécia, foi, ver um manequim e dar-lhe o braço....okay sol a mais dá nisto. Felizmente poucas pessoas viram, mas há provas.....

 

 

Mais sobre mim

foto do autor

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Pesquisar

Em destaque no SAPO Blogs
pub