Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

a herança do vazio

Blogue de pensamentos, acontecimentos e experiências.

a herança do vazio

Blogue de pensamentos, acontecimentos e experiências.

13
Nov18

"Casinha"

m.

No domingo a noite fui tal como muitos portugueses surpreendida (mesmo nada) pelas noticias, e qual não é o meu espanto, que ouço falar em  "casinha". Logo me veio ao pensamento, quem é que tal como eu quando vai à  casa de banho se refere a ela como "casinha" ????

Afinal era outra.....

31
Out18

Andam morcegos a voar no meu blogue...

m.

....e eu assustada como tudo, que já tive o desprazer de ter um encontro de fugir de imediato, a correr a sete pés (mas não sei onde fui buscar os outros cinco) de um morcego caído com as asas abertas e aqueles olhos de susto (meu não dele), parado ali mesmo ao lado da porta da condutora....claro que entrei pelo lado do passageiro, que achou aquilo ainda mais assustador do que o próprio morcego, o parvalhão.

O morcego lá ficou caído, espezinhado por quaisquer rodas, até que uma alminha caridosa (não esta) o retirou e o devolveu a um qualquer cemitério de morcegos....

 

Feliz Noite das Bruxas....vulgo Halloween

22
Jul18

A cara da funcionária

m.

Foi impagável, a cara da funcionária, quando lhe perguntei onde estavam as palmilhas, olhou para mim como se lhe tivesse a pedir um objecto estranho não identificado. Eu sei que os pezinhos dela são novos e ainda não precisa de conforto, mas eu sim, e olhar-me como ET não foi nada agradável. 

Tive de as procurar sozinha, e escolher aquela que melhor me proporciona conforto.

 

27
Jun18

Há dias assim

m.

"Horóscopo

21 de Jan a 19 de Fev

Quarta, 27 de Junho

Para ultrapassar esse seu estado de espírito inquieto, medite, leia um bom livro de Astrologia ou procure algo que desenvolva o seu mundo interior." aqui

 

Quando até o Sapo te recomenda LER UM BOM LIVRO (a parte da Astrologia é subjectiva).

Tu deves  fazê-lo. Pára de trabalhar e vai LER, tens mais proveito.

 

20
Jun18

Apelo aos srs Emigrantes

m.

Senhores, por favor, nós sabemos que vocês lá no País que vos acolhe, passam dificuldades, são mal pagos, mal reconsiderados, e mal vistos.

Quando chegam cá é igual, nós também vos vemos como maus, porquê? Perguntam vocês, não sabem?

Olhem que não é difícil, mas eu elucido-vos.

- Dizem que está tudo caro; (Nós como o sofremos na pele, nem nos queixamos, ou melhor queixamos, mas tentamos fazer melhor com as críticas);

-Dizem que lá no estrangeiro é que as coisas funcionam, aqui é tudo atrasado e nada funciona; (Nós que estamos cá aprendemos a desenrascar-nos, se não temos pensos, usamos ligaduras);

-Dizem mal das pessoas das aldeias, aquelas que vos acolhem de braços abertos, como coração aos pulos de felicidade; (Apesar de tudo sentimos saudades vossas, mesmo quando não o merecem);

-Arrependem-se de vir para cá; (O Mundo é o limite, e nós vamos ao Mundo e voltamos); 

-Se soubessem que era assim não vinham, esta é no seguimento do anterior, não venham, queixam-se que deixam cá o dinheiro, e nós só somos bons quando o Toni canta e é quando a festarola é de borla; (Nós vivemos o resto do ano sem o vosso dinheiro, não comemos nem bebemos só em Agosto);

 

A sério este género de discurso, em voz megafone, deixa-me com os nervos, ferve-me tudo e só me apetece responder, dizer aqueles senhores que vem armados em bons, que são os maiores que trazem carros xpto, alugados, emprestados (sei do que falo), roupas último modelo lá da boutique da esquina, que andam o ano inteiro a rapar miséria só para se exibirem, tenham vergonha e não falem do que não sabem, não cuspam no País de onde não conseguiram governar a vida, porque nós os que cá moramos aguentamos estoicamente o ano todo para vos receber, e não precisamos de nos exibir, nós somos mesmo assim, humildes e orgulhosos da nossa Terra.

 

13
Jun18

Conversas de café /Conversas de saudade

m.

Há dias que o acto de ir beber um café nos provoca lágrimas, hoje foram de saudade, por quem já perdemos e as formas que arranjamos de mitigar a dor, porque acabar com ela, só mesmo quando morrermos ou perdermos  o conhecimento.

Não sendo psicóloga nem tendo ajudas de especialistas, refugio-me na música, sim eu fui a um concerto duas semanas depois da minha mãe ter falecido, senti-me mal, não, senti-me acompanhada e desfrutei das músicas e de toda a envolvência, não acho que desrespeitei  a sua memória, pelo contrário, festeira e "bonequeira" como ela era, também ela tinha gostado.

Outra forma, de aliviar a dor e a saudade, foi escrever, nós falávamos todos os dias, durante muitos minutos, e quando te falta essa rotina, fica um vazio, pegas no telefone e ninguém te vai responder do outro lado, mas podes escrever, assim tens sempre a esperança que a pessoa leia, um género de diário ou melhor em forma de cartas a tua mãe. Ajudou-me imenso e foi isso que disse a outra pessoa, é para mim uma forma de manter as nossas conversas vivas e actuais, ninguém além de nós as duas sabia isso, agora mais alguém sabe e pode ajudar outros a superar o insuperável.

07
Jun18

O tempo...

m.

 

"O tempo, pergunta ao tempo,

quanto tempo o tempo tem.

O tempo reponde ao tempo,

que o tempo tem tanto tempo,

quanto tempo o tempo tem."

não sei quem foi o autor, mas a ele o meu respeito

 

E é esta a nossa vida....haja tempo.

Haja vontade.

E as coisas acontecem.

Ou talvez não.

 

20
Mai18

Sobre o casamento Real Harry-Meghan, e a seca das nossas tv´s

m.

Esqueci-me de ver, mas quando ia para ver as notícias nos nossos canais, fui logo inundada com todos os detalhes, pormenores, acontecimentos, vestidos, convidados, copo de água, festas, e  etc, etc, etc. 

E só me pareceu um exagero descomunal por parte da RTP, SIC e TVI, não podiam ter combinado e passar o casamento num só canal? O que havia para ver diferente, só diferiam nos comentadores, e ai sim tinhamos um amplo leque de escolha, apesar de achar que os comentários depois de x tempo, passavam a ser iguais ou parecidos. 

O que parecia ir ser uma festa de casamento, passou a ser uma disertação com pseudo especialistas, em tudo e mais alguma coisa sobre a Familia Real Inglesa e a Noiva Actriz e Americana.

Haja paciência senhores.

Quanto aos noivos, desejo-lhes muitas felicidades.

16
Mai18

Que vergonha !!

m.

Novela Sporting, parte 2:

 Embora ache que não vamos ficar por aqui. Que triste os acontecimentos de ontem na Academia, em nome de uma gratidão de um falso  idealismo, ocorre violência gratuita, e foi isso que vimos, depois de tantos incidentes e incentivos á violência, eclodiu e das piores formas, os barbaros adeptos enganaram-se nas vitimas.

Depois de tanto incentivar o senhor presidente deve estar contente, e de quem é a culpa, não é dos vizinhos nem dos outros é dele próprio. E isto deixa-me triste porque quem deve dar os exemplos não os faz, ainda activa mais os animos.

Deixa-me triste esta situação e acho que é uma vergonha para o Clube e para os outros adeptos que não se revêm nestas acções nem nos discursos.

15
Mai18

Ai Jesus !!!!!

m.

Desculpem, mas tinha mesmo de escrever sobre esta situação, que o presidente diz que não suspendeu, e aconselha os jornalistas a perguntarem ao Bruno???? Estamos perante um caso de dupla personalidade.

Eu não sou muito de ligar a futebol, mas a sério estas situações fazem com que comece a apreciar esse desporto, ou melhor as novelas que rodeiam esse desporto, é que quem precia de pagar bilhete de cimena, quando ligas a tv e ouves os dirigentes desportivos/comentadores, esperas por notícias sérias, e começas a ver um desfile de carros que calculas quem vai lá dentro receba mais que o ordenado mínimo (sortudos), e dás por ti embasbacada (com os carros), mas mais caricato, a especulação e a figurinhas dos nossos canais informativos.

A cereja no topo do bolo é quando sai o presidente, ai fui ás lágrimas de tanto rir, o homem errou na profissão...devia ser cómico em vez de presidente de um clube sério.

 

 

05
Mai18

Porto vs Benfica, em festejos

m.

Por aqui começam os festejos, poucos, muito poucos, mas barulhentos, se há algo que une as pessoas é o futebol. O contrário também é válido, mas em dia de festejos só há alegrias. 

Para o meu clube, para o ano há mais rapazes. 

Acabo de ouvir fogo de artifício!!!!!!! E os festejos aumentam. Um carro de cada vez. Nada comparado com os festejos do meu clube, centenas de carros e pessoas logo nas ruas....a emoção de acenar e festejar.

Para o ano voltamos á competição para ganhar, certo Benfica?

 

30
Abr18

Perdão, Amor

m.

As pessoas que mais queremos são as que mais nos desiludem e nos fazem sofrer, a dor da desilusão é sempre maior e mais difícil de suportar, as mágoas vão-se acumulando, quando já não aguentas mais explodes, depois ficamos ambos tristes e magoados.

Mas há coisas boas na vida, o Perdão, além do Amor que sentimos pelo outro, é uma das "armas" mais poderosas, e saber Perdoar além de ser uma virtude é um sentimento bom, um daqueles que nos aquecem o coração e nos anima a continuar a Amar.

19
Abr18

Eu queria o Caldas Sport Clube e o Aves na final, pode ser?

m.

Ontem foi um dia de emoções fortes lá em casa, pelo Clube da terra estar nas semi.- finais da Taça de Portugal, que emoção, não descolamos do ecrã, e sofremos muito, mas futebol é assim mesmo, alguém tem de ficar pelo caminho, e estas "pequenas" equipas bateram-se como gigantes e deveriam estar as duas na final.

 

 

Para mim a taça só teinha esse interesse se fosse Caldas Sport Clube / Aves, e claro ganhava o Caldas.

 

19
Abr18

Sobre La casa de papel

m.

Sim também tenho opinião, porque eu vi a primeira temporada e tal como agora o resto dos outros fiquei entusiasmada,  adorei as personagens e O Professor, é simplesmente uma das maiores e melhores personagens construídas. Todo o elenco é genial e a história é complementada e orientada numa determinada direcção, brilhantemente escrita e representada.

Não vi a segunda temporada, mas sinceramente duvido que tenha conseguido superar a primeira, eu fico-me com a excelente primeira temporada, até porque os autores que já não estão fazem quanto a mim alguma diferença.

17
Abr18

Peão a estacionar, onde já se viu

m.

Andando tranquilamente para o meu local de trabalho, sim, (porque a chuva de que toda ou quase toda a gente estava farta, esta semana deu tréguas e neste Inverno/Primavera já conto com duas baixas, dois guarda-chuvas que sucumbiram com o vento), adiante, que isto não interessa muito para o post.

Como ia a escrever/dizer, nunca sei muito bem, estava eu a andar por um parque de estacionamento ao ar livre, bastante despidinho de lugares livres (passei por três), e quando passo por um desses lugares, sinto assim uma certa aceleração, e o carro, com uma parvalhona a virar para o lugar onde eu estava a passar, mas ela pensava o quê, que eu ia estacionar o meu traseiro ali, não viu que eu estava apeada e sem viatura e que o lugar ia ser dela sim, ou sim. Lá continuei e parecia bruxedo de segunda feira, volto a passar por um lugar livre, e eis que um mercedes reluzente com um engravatado começa a virar, ai fui má e fiz de propósito, parei a meio do lugar e comecei a mexer na mala. ele parou e esperou que eu seguisse caminho, ai senti-me um bocadinho, mas mesmo só um bocadinho muito pequeno mal....Felizmente que para o terceiro e último lugar não havia candidatos à vista.

 

 

 

06
Abr18

Ainda bem que não sou do S.

m.

Nunca me passaria pela cabeça algum dia fazer um post sobre este clube de futebol, mas acabei de ler a notícia o presidente do S.  resolveu suspender os jogadores que assinaram não sei quê sobre não sei que mais, mas eu até tenho pena dos jogadores e dos adeptos, como é que lhes ocorreu eleger um parvalhão destes, a sério, agora deviam era revoltar-se todos e deixar de jogar até ele deixar de ser presidente.