Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

a herança do vazio

a herança do vazio

27
Dez17

O Melhor de 2017

m.

Foram tantos os momentos maus, as mortes de entes queridos, de conhecidos, de músicos que nos confortavam.

As tragédias que assolaram o nosso País.

O Mundo em geral está pior, por desgovernos sucessivos.

As guerras que continuam a eclodir sob a forma de ataques terroristas.

O Melhor

O Cristiano ter ganho mais uns três filhos; uma bota de ouro

O Festival, o Salvador Sobral, ser aquela pessoa simples, e querida, que entrou pelas nossas casa dentro e se impôs com simplicidade e ternura em forma de canção.

O Papa ter estado no nosso País, e termos sido agraciados com a sua simpática e querida presença.

Viajar mais, conhecer novas culturas a poucos quilómetros de casa, ir para dentro cá fora.

Assistir a um concerto há muito desejado e só concretizado este ano, Andrea Bocelli, rever e ver a nossa grande artista Marisa.

Passar tempo de qualidade com pessoas queridas e amigas. 

Mas o melhor, melhor, foram mesmo os momentos entre aqueles que mais amamos.

E que estes momentos se repitam em 2018 muitas mais vezes, com muita Saúde e Felicidade.