Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

a herança do vazio

a herança do vazio

27
Dez17

Fui de férias no Natal

m.

 

Queria eu um tempinho para ler, para ouvir música para relaxar ao quentinho da lareira, mas nada disso, as férias foram uma grande "cowboiada", vimos comboios a passar, cavalos, vaquinhas, terras cujos nomes não lembram a ninguém, passeamos pelos parques, roubamos uma vista a um museu, fomos ao Natal, comemos plástico, rimos bastante, fizemos asneiras, ficamos desiludidos e depois contentes, tivemos companhia, fizemos companhia ao avô, fomos ver os "velhinhos", fizemos festinhas aos cavalos, comemos que nem uns alarves, corremos monte acima, e além disso ainda tivemos tempo de fazer os deveres escolares, mas poucos, porque férias são férias, e a malta quer é divertir-se e cansar-se.

 

O melhor de tudo é que a diversão continuou no Natal, e não é que apareceu o Pai Natal carregadinho de prendas, e com ar cansado e velhinho, pedimos-lhe que descansasse, mas ele estava apressado e só teve tempo de um copo de leite branco e duas bulachas.

 

P.S. bulachas é assim que se escreve, como diz uma criança.