Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

a herança do vazio

a herança do vazio

15
Abr18

Adler e Eu

m.

Já há uns anos e na euforia de descobrir novos autores, entusiasmei-me com Elizabeth Adler, já viram as capas, são maravilhosas, apelativas, bom trabalho de design, mas na realidade e tendo lido os três primeiros livros editados; Casamento em Veneza; Romance na Toscana e Lua de mel em Paris (mas quem resiste a ler sobre estas cidades? Eu não!); na verdade as histórias e o estilo da escrita deixaram-me tão desiludida que consegui trocar estes livros por outros (obrigado grupos de trocas do face), e assim o prejuízo não foi tão grande, porque desisti completamente desta autora, e das tentações chamadas capas apelativas.

Mas ainda assim tenho uma amiga que me empresta livros  e ela entrega-me um saco cheio com livros dela sem me dizer o quais os títulos, nesse saco vinha  um livro da autora Elizabeth Adler, eu pensei seriamente em pegar nele, assim como assim, vamos lá mais uma oportunidade a esta autora com 15 ou 16 livros editados em Portugal (sim estive a contá-los), e na verdade mais uma desilusão, esta autora e eu temos mesmo qualquer coisa que não consigo criar empatia com as histórias dela, não sei se algum dia nos reconciliaremos, mas para já não, com o livro Desaparecida (obrigado L.; tu não tens culpa), não me consegui fixar na história nem criar empatia com as personagens. 

Após a leitura de quatro livros mais vale partir para outras leituras, que estas está visto para mim não me atraem.