Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

a herança do vazio

Blogue de pensamentos, acontecimentos, experiências, viagens e coisas minhas.

a herança do vazio

Blogue de pensamentos, acontecimentos, experiências, viagens e coisas minhas.

Maio 31, 2021

m.

Si, lo se estoy escribindo en espanhol, pero és que estoy tan aburrida con nuestros compatriotas, que hasta me planteo pedir la nacionalidade vecina. ÉS BROMA!!!!!!!!

""#$#"#$%, que triste espetáculo, aconteceu no fim de semana  que deveria ser de festa, a final dos Champions em Portugal, uau não é todos anos, mas desde a pandemia somos os sortudos (Turcos espertos), o isso pensamos, mas não, desacatos, bebedeiras, e tristes factos. Muito tristes, piores que os ajuntamentos foram os planeamentos, organizações e afins, que tristeza.  Poderio.

Boas coisas:  

Alegria contagiante das crianças. 

Ter saúde.

Não ter estado pelo Porto, ou na Ribeira/Aliados, no fim de semana, do que escapamos. 

Maio 20, 2021

m.

Tomadas as duas doses da vacina, agora resta-me esperar, continuar  a ter cuidado e começar eu também a pensar em fazer algo mais que trabalhar, caminhar na zona, ir ver a família mais vezes (agora já podemos), e começar a desanuviar estas nuvens cinzentas que tem pairado sobre nós todos. 

Ainda só fiz uma viagem, e soube pela vida, como se costuma dizer, mas como foi de trabalho e motivos familiares, quase não deu para desfrutar do tempo livre para passeio, ou lazer, apenas convívio, e mais trabalho, que fazer. 

Comecei a pensar, qual será a minha primeira visita  a uma cidade depois deste ano de 2000, tenho várias ideias, mas ainda não vai ser este fim de semana.

Planear já é meio caminho para desconfinar...

 

Abril 20, 2021

m.

Este fim de semana foi o regresso à normalidade possível, fiz uma grande viagem, e já tinha saudades de fazer quilómetros e ficar cansada só de ir sentada, desfrutar da paisagem e sentir um pouco de normalidade nesta nova realidade que temos de viver.  

Rever amigos e familiares há tanto tempo que não nos víamos e só pudemos estar de máscara, sim houve beijinhos e cotovelinhos de máscara e até disso nos rimos com vontade, esta nossa nova realidade, até quando não sabemos, mas até lá, voltamos sempre que possível em segurança e com confiança que melhores dias virão, só que não sabemos quando. E essa incerteza é terrível. Mas eu como sou optimista por natureza, vou já programar a minha próxima viagem em segurança, e com confiança.

A esperança é a última a morrer, e nós vamos conseguir vence-lo. 

Fevereiro 16, 2021

m.

Adoro, este mês, é o meu mês, o mês do inicio, e do não vou falar do bicho esse, que tanto nos têm tirado, este post é sobre ficar com mais idade...já não festejo os meus anos há anos, e este ano, além de não ser excepção é diferente, não podemos soprar as velas, não podemos estar com quem gostamos, mas estamos, mais sábias, mais velhos, e se algo nos ensinou e ensina, nesta "nova maneira de viver" é a aprendermos a estar bem e em paz com nós mesmos..

Fevereiro 16, 2021

m.

Neste inicio de ano,  chegamos ao Carnaval, este ano diferente, em confinamento e sem as celebrações dos anos anteriores, que em 2020 já foram alteradas.

O que se passa é que andamos agora todo o ano mascarados mas não a celebrar ou a festejar. 

Ah espera! Estou a trabalhar como sempre, e como sempre não ligo para nada ao Carnaval, porque quando era pequena tinha medo dos mascarados, depois cresci e percebi que eram pessoas normais com máscaras, depois foi a fase um dia fixe para estar sem fazer nada, e depois começou o sério, trabalho mesmo em dia de tolerância de Carnaval. Por isso foliões, que tenham um carnaval em segurança. 

 

Janeiro 26, 2021

m.

Continuamos e estamos confinados, a casa, ao trabalho e ás compras, pouco mais podemos fazer, mas ainda assim, se ouvem ás vezes nas notícias, que a polícia, fechou aquele estabelecimento, invadiu aquela festa.

Pessoas temos de nos afastar, para podermos voltar a estar. Quanto mais depressa nos afastarmos, mais depressa nos juntamos.

Eu juntei-me no Natal, confesso, mas estivemos afastados e antes de jantarmos todos, estivemos uns dias, uns com os outros de máscara, arriscámos, mas em segurança, e a família grande, ficou reduzida a quatro adultos, e uma criança, e uma mesa grande com muitos espaços para preencher. Fizemos videochamadas, queimamos o saldo dos dados móveis e da net, mas foi diferente, mas ao mesmo tempo especial. 

Até as prendas este ano foram especiais e com mais sentido, pijamas para todos. 

 

Janeiro 04, 2021

m.

de festa, de passagem de ano...o que fica, o que desejamos é sempre relativo, e mais agora nestes tempos que continuam a ser de pandemia,  confinamento e cuidados, ponderemos e pensemos que o pior acontece e assim começamos o ano, com os números em subida, com as notícias felizes do ano novo, e as notícias tristes do ano novo. Há algo para celebrar, sim, a vida, o estarmos bem, o termos a esperança. Mas por outro lado o que perdemos e quem perdemos ao longo da vida, e especialmente neste ano que passou, fez-me ficar sem vontade de celebrar fosse o que fosse, encarei os dias, como um fim de semana prolongado e aproveitei ao máximo o tempo, com tarefas que não me fizessem pensar, que me relaxassem, distraíssem, que me deixaram com um novo espírito, talvez, mas hoje encarei este novo dia, como muito bom, apesar de tudo.

Enquanto há vida (vacinação) há ESPERANÇA!

 

Dezembro 29, 2020

m.

Este ano que agora termina , está a ser para esquecermos, ou melhor, não,  é deste ano e de tudo o que nos aconteceu, que devemos tirar lições, ensinamentos que nos permitam fazer e ser melhores, para bem de todos nós, a espécie humana.

Foi um ano horrível, sim, de sofrimento, apreensão, tristeza, dor, e muitos sentimentos negativos. Mas também de esperança, perante muitas superações e exemplos extremos de humanidade.

Que o próximo ano, não possamos repetir os erros, deste ano, e agora que temos a Vacina, continuamos a ter cuidado por nós e por todos.

Este ano é ou deveria ter sido um ano em que nos importamos mais com os outros, os nossos, os outros, e fazermos bem, sem olhar a quem, credos, raças, e estatutos.

O que nos ensinou foi que todos somos iguais, e isso já sabíamos, mas às vezes esquecemos. E lá tem de vir um ser superior a nós para nos relembrar. 

Um Ano de 2021, Melhor, Com Esperança, Saúde e Votos de uma Humanidade Melhor.

Dezembro 20, 2020

m.

Este ano tristemente as festas de família tradicionais  estão, não abolidas, mas suspensas, em stand-by. Nestes tempos difíceis para todos, o importante mais do que estarmos juntos é estarmos seguros e sem o perigo de contagiar o outro, e se queremos e amamos a nossa família, reunimos com segurança e menos tempo, ou se pudermos evitar os que nos são próximos, mas não pertencem ao nosso agregado familiar.

Quebrarmos as tradições, sim, mas de modo a ser menos doloroso para todos, estarmos online, é também estarmos presentes, e com todos no pensamento e no coração.

Pouco temos de celebrar este ano quanto a mim. Porque ...

Em homenagem a todos aqueles que neste ano fizeram muito por todos, lá na linha da frente, na retaguarda, a segurar que o país funcionasse em segurança e com segurança para todos.

Por todos os que nunca mais podem celebrar. 

Aos os doentes....

Devemos a todos o NOSSO RESPEITO e CONSIDERAÇÃO 

E pensar no Natal em Família também é isso. Olhar para o Próximo. 

Mais sobre mim

foto do autor

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Arquivo

  1. 2022
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2021
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2020
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2019
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2018
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2017
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
Em destaque no SAPO Blogs
pub