Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

a herança do vazio

Blogue de pensamentos, acontecimentos, experiências, viagens e coisas minhas.

a herança do vazio

Blogue de pensamentos, acontecimentos, experiências, viagens e coisas minhas.

Junho 30, 2017

m.

Bom, hoje fui a um local e ao tentar fazer uma pergunta, aparece-me a cara mal encarada da funcionária, que a sério com aquela tromba a atender o público, coitadas das pessoas que precisem de a consultar hoje, que horror.

Há que saber separar e as pessoas não têm a culpa dos nossos problemas, e não têm de ser atendidos com umas "trombas" mal encaradas que só apetece fugir delas.

Junho 29, 2017

m.

E assim mais uma combinação, em que eramos para ir quatro, mas infelizmente só pudemos ir três, e uma acabadinha de chegar do estrangeiro, que se ela não estivesse, mandava recrutar um avião só para ela vir ao concerto.  Na segunda e sem respeito, disse-lhe, quarta vai connosco ver a Mariza, claro que a resposta dela foi sim, porque o não  estava excluído. Ainda perguntou o preço do bilhete, o preço só quero agradecer aos senhores de Vila Real, que organizaram esta festa, que continuem porque daqui até lá são apenas uns kms que nem contam quando queremos passar uma boa noite.

Aspecto antes do concerto, com ar de dia, mas  com ameaças de chuva e frio. Que só se verificaram antes do inicio do concerto, depois passou o frio e começou o calor da música e o humano também.

A mostrar 20170628_213101.jpg

Depois ficou escuro, apagaram-se as luzes e os músicos subiram ao palco. Apoteose quando entrou a Mariza com um vestido elegantíssimo, linda e sorridente. No inicio o som estava ni, a cair para o mau, mas depois foi retificado e ficou perfeito.

O concerto foi qualquer coisa de extraordinário, a Mariza é super simpática sabe como cantar, como entreter e cativar o público. Por mim e sendo o meu segundo concerto desta artista, não quero ficar por aqui, quero continuar a ir ouvi-la cantar e encantar.

Muitas referências ao concerto da noite anterior, quer no palco quer na plateia e sempre grandes aplausos, porque nós não esquecemos. Parabéns cantados a Mariza e ao seu filho que fazia 6 anos ontem.

A companhia da L. e da C. foram excelentes e podemos dizer que ficamos num bom local, com a benesse que quase no final, muita gente foi embora e nós conseguimos um lugar na primeira fila, pena a Mariza, não se ter dirigido ao nosso sector, como tão simpaticamente nos informou o segurança, mas não faz mal, foi tão bom ouvi-la mais uma vez. A mostrar 20170628_222545.jpg

Temas novos, e antigos, cantados a muitas vozes, quero agradecer especialmente ao "tenor" ao meu lado, que voz que o moço tinha, assim dá gosto partilhar cantigas, todos a cantar a uma só voz.

Um dos momentos, que adorei, porque também adoro Queen, foi a interação com We Will Rock You com o tema da Amália Rodrigues, Barco Negro, magia pura.

 A mostrar 20170628_223024.jpg

 

 O que eu menos gostei....de nada, ainda sinto o coração cheio de alegria e música por ter vivido uma experiência muito boa.

 

Junho 29, 2017

m.

Pode ser cansativo, pode ser frustrante, assustador, mas também pode ser maravilhoso, e para mim sonhar com livros e amigos, deixa-me bem disposta logo pela  manhã e ao longo do dia.

Sonhar com coisas que se gostam, e comprar a preços perfeitos, 1,29€, parece-me um preço extra saldo para livros....assim podia quase comprar a livraria toda.

Junho 28, 2017

m.

Comecei a semana, domingo portanto, a ver concertos, o de domingo foi pelo y*, porque precisava de relaxar e quem melhor para relaxar que os Muse, uma das minhas bandas favoritas.

Segunda o concerto através do cd da Mariza ao vivo em Lisboa, uma das minhas primeiras compras, e foi tão barato, que eu acho que estava mal marcado o preço (Lucky me).

Ontem o concerto solidário pelas vítimas da grande tragédia que assolou o centro do País, e bom, haveria tanto para comentar, mas não vale a pena, apesar de tudo o que espero mesmo é que o dinheiro seja realmente entregue a quem dele necessita para pelo menos conseguirem repor alguma "normalidade", nas suas vidas, que o sofrimento seja minimizado com toda a ajuda material e humana possível.

 

Junho 23, 2017

m.

A propósito de um comentário:

"Saber fazer, isso aprendes com facilidade, desde que não passes a manhã a olhar para o telemóvel, mas o fazer bem isso requer uma dedicação e um esforço, um epenhamento, que a maioria das pessoas não está para aí virada.

E depois é este o País que nos espera com  profissionais que sabem o que fazem, mas não o porquê."

Não podia concordar mais.

 

Junho 20, 2017

m.

Já tardavam ainda as cinzas não arrefeceram, os mortes ainda estão a ser chorados, ainda há muita aflição e combate a um monstro chamado fogo, e já se iniciaram os debates sempre tão esclarecedores, na nossa tv, agora é o jogo do empurra das culpas e das acusações, mas depois do burburinho, das milhentas horas de directos, de debates, de palpites e opiniões, claro que a culpa vai morrer solteira e muito má rapariga.

 

Junho 20, 2017

m.

Que podia encontrar tudo nas lojas dos chineses, incluindo o carregador do telemóvel, eu confesso, sou um bocado desconfiada, mas como dizem "em tempo de guerra não se limpam armas", lá fui eu depois da hora de fecho das lojas do comércio tradicional, peço o carregador e passo o telemóvel para  a  mão do senhor, ele começa logo a tentar abri-lo, e eu apavorada não é a bateria é o carregador aquela coisa que ligamos há  corrente e a bateria começa a carregar, ah si, ah si...ah sim digo eu que comecei a ver o telemóvel a ser desmantelado e mil e um "filmes" me passaram pela cabeça em menos de nada.

Junho 19, 2017

m.

Ontem depois de um fim de semana prestes a terminar e  em tristeza por todos os acontecimentos, estou a ver o Jornal da Noite na TVI, e com outras coisas e afazeres, dou por mim a olhar embasbacada para  a reportagem da jornalista Judite de Sousa, numa zona interdita, e depois qual não é o meu espanto que a dita senhora faz parte da reportagem ao pé de um cadáver. Parei tudo o que estava  a fazer, e só pensava mas esta mulher está bem??? O que pensa que está a fazer?

Também gostava que lhe tivessem feito o mesmo, desrespeitar a memória dos seus entes queridos?

Isto além de toda a tragédia ao longo do dia, além de me deixar estupefacta, deixou-me indignada e revoltada.

Onde está o respeito e a privacidade, até que ponto deve ir o jornalista para informar, isto não é jornalismo, nem informação é desonrar e desrespeitar  a memória daquela PESSOA.

Se já tinha deixado de ver a maioria dos programas da TVI, agora sim, a única pessoa que eu achava que era coerente e neutra acabou com a minha convicção.

Junho 18, 2017

m.

Eu ontem tinha pensado ir passear hoje, é domingo, e apesar do calor ainda se conseguem pontos refrescantes na zona, mas ontem já tarde comecei a ver nas redes sociais as notícias do gravíssimo incêndio em Pedrogão Grande, Leiria, e fiquei pasmada, 19 mortos, fui deitar-me triste e com o pensamento naquelas pessoas e nas outras as que estavam no terreno, a trabalhar a coordenar, a sofrer com a devastação.

Hoje de manhã quando acordei corri para a tv, felizmente a Tv pública abriu o canal de notícias ao  público e o número de vítimas estava em 43, um choque, refugiei-me no telemóvel a falar com os entes queridos, não por estar com receio por eles, mas por necessidade de ouvir uma voz querida e amiga.

Depois não consegui sair para relaxar, chamem-lhe preguiça mas não é, é apenas um sentimento de não me parecer correcto ir passear, relaxar perante a catástrofe que anuncia  a tv.

Pág. 1/2

Mais sobre mim

foto do autor

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Arquivo

  1. 2022
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2021
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2020
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2019
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2018
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2017
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
Em destaque no SAPO Blogs
pub