Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

a herança do vazio

Blogue de pensamentos, acontecimentos e experiências.

a herança do vazio

Blogue de pensamentos, acontecimentos e experiências.

26
Abr17

Kristin Hannah - O Rouxinol

m.

 


Kristin Hannah - O Rouxinol; 5 *


O Rouxinol


Opinião


Um livro com excelentes opiniões, e que me despertou a curiosidade. Após o primeiro paragrafo, ficamos agarrados completamente á narrativa.


Passada durante a II Guerra Mundial, conta-nos a história de Isabella, o Rouxinol, sim, nem os nazis eram tão imaginativos, que nunca lhes passou pela cabeça que uma "simples" rapariga pudesse fazer a diferença e fosse uma passadora de aliados pelas montanhas agrestes dos Pirinéus, que faz tudo para pertencer á Resistência Francesa, e consegue afirmar-se e iludir os alemães. Uma homenagem a estas heroínas esquecidas, que tanto fizeram para lutar pela liberdade.


Vianne, e após a partida do marido para a frente, recebe um hóspede, um alemão, que apesar de tudo, é humano e tem sentimentos, mas na hora de decidir entre o alemã e a sua irmã, o coração fala mais alto e ela percebe que a sua irmã não é a jovem estouvada que pensava, mas sim uma das resistentes.


Um livro que nos deixa completamente horrorizadas com a crueldade, com a mesquinhez humana, passada durante a guerra, em que apesar dos outros também serem humanos, eles próprios   fazem coisas terríveis a outro ser humano, e só nos apercebemos que são ainda humanos nos pequenos gestos de humanidade que ainda praticam.


Uma autora que descobri com este livro, emprestado gentilmente pela Z., e que me deixa com muita vontade de a continuar a seguir.


 


 

23
Abr17

Dia Mundial do Livro

m.

Sou apaixonada, obcecada e uma amante de livros. Desde pequena que os livros apelam a que os leia, nem sempre estimados por mim (dizia a minha mãe), que os folhetos de 1974/1975 foram riscados por mim, e uma das muitas memórias de infância é de a minha avó, mesmo sem saber ler, me oferecia livros. Um episódio que me marcou e fez realmente que deixasse de estragar os folhetos da minha mãe, foi na escola primária, ter riscado um livro e depois ir deitá-lo fora, as colegas denunciaram-me à professora (na altura não teve piada), e em boa hora, a partir dai os livros tornaram-se uns fiéis amigos. E esses fiéis amigos, crescem e transformam-se em companheiros dos dias, das noites, das amizades conquistadas, partilhas de histórias e de livros, uma paixão que une milhares de leitores por todo o Mundo, e que tem um poder inequívoco, o poder da palavra escrita.

21
Abr17

Amigos dos Amigos meus livros são

m.

São aqueles livros os nossos amigos já leram, ou têm para ler, e que lhes suscitam um desejo de partilhá-los com outros ávidos leitores, eu neste caso, agradeço sempre muito, partilho também os meus livros, porque nesta economia, todos os euros que poupamos em livros são gastos noutros livros, porque isto de ser leitor têm os seus gastos, mas em termos de benefícios, as alegrias, as emoções que as leituras nos trazem são incomparáveis.