Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

a herança do vazio

Blogue de pensamentos, acontecimentos, experiências, viagens e finalmente as minhas leituras e os meus livros.

a herança do vazio

Blogue de pensamentos, acontecimentos, experiências, viagens e finalmente as minhas leituras e os meus livros.

04
Jun19

Junho o mês dele

m.

Sempre gostei deste mês, mas desde há sete anos para cá, então, passou a ser um dos meus meses favoritos, porque é Primavera, há todo o esplendor do jardim, das culturas, há dias grandes e luminosos, e há os aniversariantes, um deles muito especial muito querido, que escolheu este mês para nos agraciar com o seu sorriso, a sua simpatia, a sua traquinice, a sua humildade e grande coração. 

Parabéns meu T. 

29
Mai19

Ainda não estou em mim

m.

Com os resultados das votações Europeias, com a abstenção e com as pseudo- comemorações. Então festejamos termos mais um deputado mas não perguntamos o porque de 7 em 10 pessoas (na realidade são 6,8 em 10, mas não sei como dividir uma pessoa em partes) não terem ido votar? Isto a mim, vulgar e normal cidadã preocupa-me, o desinteresse de mais do que  uma geração, que são  só as gerações mais interessadas, estarem literalmente a c*****-se para a Europa. Quer dizer nós fazemos parte dela (e a meu ver ainda bem, se não não sei como viveríamos), e demonstrando este desinteresse, ela a Europa,também se pode c***** para nós.

 

Já pensaram nisso???

26
Mai19

Votos e mais votos

m.

Eu já votei!

Mas para aqueles que não vão votar, eu compreendo. 

Políticos que não nos revemos neles, campanha eleitoral deplorável, passaram o tempo a falar mal uns dos outros, e o que pretendem fazer por nós portugueses? 

Só não consegui votar uma vez, e não gostei, fiquei incomodada, não fiz de propósito, mas por razões pessoais, nas outras vezes faço das tripas coração para votar, ás vezes quilómetros muito rápidos só para conseguir chegar a tempo, houve uma vez que pouco faltava para o fecho das urnas, mas consegui.

Acho que a abstenção é mais do que o voto uma AFIRMAÇÃO de que algo está mal, e deveria ser vista, analisada, sem a leviandade do costume. 

 

14
Mai19

A ver Eurofestival, a primeira semi final

m.

Até agora, acho que é o festival dos excentricismos, em detrimento da boa música;

O Conan até nem vai fazer muito feio, e o fato verde é bem giro, gosto do tom do tecido e da cor.Aqueles ténis não combinam.

A voz do senhor, eu gosto, uma mistura de Zeca Afonso, com fadista com não sei precisar, mas gosto. 

O bailarino foi um pouco mais comedido, e não caiu tanto.

Apesar de tudo, gostava que passasses à final, só porque sim e era um orgulho vermos o nosso País novamente. Só que claro que isso não aconteceu, mais uma vez deixámos e ficamos para trás,

Só mais estranho é ver a Austrália um pais Europeu (não sei como), passar com uma música e coreografia ao estilo Madonna. Uns góticos/roqueiros, nem sei o que chamar aquilo, com uma sonoridade terrível e uma letra que parecia o fim do mundo, enfim. Mau foi mesmo perder tempo dedicado para a leitura, para ouvir má música. 

 

 

 

 

12
Mai19

Ontem o blogue fez dois anos

m.

E eu não festejei, porque 11 de Maio é também para mim uma data triste e saudosa. 

Fez 6 anos que perdi a minha melhor amiga, a minha mãe, e isso traz recordações e sentimentos que não nos permitem festejar mais nada. 

Mas recordar é viver e fico com as boas recordações e os bons momentos por nós vividos éramos as duas umas boas malucas, e juntas tivemos aventuras bem fixes e na alegria e na tristeza partilhámos muitas conversas, muitos choros, mas também risos despropositados, recusámos telefonemas, porque quem telefonava não nos interessava no momento, dançamos, cantamos ao som da velha telefonia e depois foste embora com um suspiro sentido por mim a quilómetros de distância, e ainda hoje quando por lá passo recordo aquele momento em que eu soube com muita certeza que já não estavas, que  já não podias partilhar mais nada. Mas a vida é assim mesmo e há que enfrentar o ontem para sermos mais fortes no amanhã. 

 

 

 

 

04
Mai19

Receita de pão de ló de laranja

m.

Pão de ló de laranja

Peso de açúcar de 8 ovos.

Metade do peso de farinha.

Raspa de uma laranja ou duas, se forem pequenas.

Uma colher de chá de manteiga.

Bater bem os ovos e o açúcar, até aspecto ficar cremoso e esbranquiçado, adicionar a farinha, a raspa e a manteiga. (Também podemos bater as gemas com o açúcar e bater as claras em castelo, eu misturo tudo e bato muito bem).

Levar ao forno em forma untada. Dependendo do forno, 40 minutos a 180 º/ 190 º.

Opcional

Ainda quente picar todo o bolo com sumo de laranja.... 

Bom proveito

DSC08901.JPG

 

 

 

 

30
Abr19

Estas semanas...

m.

Sem dúvida que a vida pode mudar em centésimas de segundo, e um bater de asas de uma borboleta causar um terramoto.

Há que seguir em frente e quando olhamos para o lado há sempre pessoas que estão piores (das melhores nem me lembro), e isso também ajuda, a infelicidade alheia, o pensar que não tenho o direito de baixar os braços, porque aquela pessoa ali ao lado está muito pior do que eu, e está a reagir, a lutar, a viver muitas vezes sobrevivendo.

O que me anima, na verdade é a familia, aqueles momentos mágicos e de convivio, os amigos, a literatura e a música, quando estou desanimada, só consigo ouvir música cantada por "dead people", e depois alento e contente que a vida é para ser vivida e momentos maus ou menos bons também fazem parte desta.

 

18
Abr19

Alívio, consternação e Páscoa

m.

Alívio, porque já não há aquele sentimento de pressão, sobre os combustíveis e a loucura que se instalou um pouco por todo o país. Quando comecei a ver aquelas filas enormes e os perigos, que a falta dos combustíveis nos fazem, a dependência que afinal todos nós temos de uma indústria, que se quiser para tudo e todos.

Consternação, pela dolorosa tragédia na Madeira, com tantos mortes.

 A importância do cinto de segurança, que felizmente de há uns anos para cá também existem nos autocarros, é obrigatório, embora a maioria das pessoas não ligue, mas se os colocamos nos carros e somos multados, porque não também nos autocarros.

Páscoa uma época de reunião familiar e de Paz.

16
Abr19

Notre Dame

m.

Ontem foi uma tarde, estranha, triste e de expectativa. Depois do trabalho não tenho por costume ligar a tv, mas ontem passei por ela e liguei, não sei por quê. Quando vi "última hora", fico  apreensiva e o som mais alto, mas continuavam a falar e não me parecia que fosse da "ultima hora", leio o rodapé, e mudo para um canal de notícias e ai sim, fiquei perplexa, apavorada, ao ver a dimensão do fumo e das chamas, medo por  perdermos, não um Edifício, não uma Igreja, mas um Símbolo Universal, pela sua  história e cultura,a ele associados e que nos habituamos a que esteja sempre por ali, sobreviveu a guerras e a revoluções, e estava ao vivo através das nossas televisões, a ser consumido pelas chamas e nós não conseguimos deixar de olhar, de ver e de perceber o sem sentido da situação.

 

11
Abr19

Reaproveitando

m.

20190411_202357(0).jpg

Desde o dia que resolvi abrir ao meio  uma embalagem de pasta de dentes, e vi que existia quase mais  uma semana de pasta, as minhas embalagens nunca mais foram para a reciclagem se serem completamente limpas de produto. 

 

10
Abr19

La voz

m.

Segui, mais ou menos assiduamente o programa La Voz, versão espanhola, eles têm o Fonsi, sim esse mesmo o do Despacito, entre outras músicas também elas Hits,  no jurado....é de cair para o lado, quando vi o anúncio e o vi, mais que não fosse por ele comecei a ver o programa, eles são tão bem dispostos, todos talvez a menos "simpática seja a Paulina, mas até dessa que pouco sabia, fiquei a conhecer. Os concorrentes lá como cá sempre temos os nossos favoritos e muitas vezes nem concordamos, mas eles é que são os espertos e lá sabem porque passa um em vez de outro, Agora e hoje é a final e está o Alejandro a ser entrevistado pela Eva, que diz que se tiver que falar com ele vai desmaiar...estou à espera desse momento emocionante. Não aconteceu só paleio que consigo apanhar pela mentade, porque ainda me "engaleio" com a velocidade do discurso, mas os finalista cantam bem. 

Epá a Paulina tem um vestido com mais tecido nos ombros, que no restante. Este foi o momento má lingua afiada......

09
Abr19

Eu sou de chuva

m.

20190408_084727.jpg

Ontem aproveitei para finalmente comprar um chapéu de chuva, estava a chover um bocado e rendi-me a este "objecto, só para não parecer mal ás pessoas que passaram por mim e me viam sem chapéu, molhada, mas a não querer saber (o nariz a pingar de hoje, não conta), e é também a minha homenagem a este tempo maravilhoso de chuva, em que eu me sinto revigorada.

Hoje acordei cedo, ouço desde as cinco da manhã cair forte e ao som da chuva o chilrear dos passarinhos, que entretanto começaram a fazer os ninhos na minha vizinha, a árvore.

07
Abr19

Fim de semana

m.

Bem, que fim de semana tão meu, só eu, a fazer o que quis, sem imposições, compromissos ou obrigações. 

Relaxei,  caminhei ao som da chuva e do frio, vi filmes (não séries), como há anos não fazia seguidos e sem intervalos, ouvi música e descansei,..tomei café, tomei chá à janela vendo a chuva abençoada, li aninhada no sofá com a manta e o chá fumegante, e fiz as obrigações caseiras, se calhar até me cansei mais porque limpei coisas que andavam negligenciadas, e sim estou cansada, mas recompensada.

Obrigado por este primeiro fim de semana de chuva e felicidade como há meses não ouvia os passarinhos cantarem de felicidade. 

04
Abr19

O Som do Mastigar - Das Coisas que Não Suporto

m.

Este insuportável nem precisa de justificação ou argumentação. 

É tão horrível, que fico sem vontade de comer.

Quando isto acontece na tv, é para lá de insuportável.

Sorverem a sopa. fico

Mastigarem de boca aberta.

Perder a comida nos bigodes/barbas/nos cantos e não terem a decência de se limparem....

Podia continuar, mas acho que estou a ficar enojada

04
Abr19

Abril bem vindo

m.

Sei que já venho uns dias atrasada (4), mas não tem sido fácil, e hoje sinto-me contente, não feliz, contente, por ver esta chuva, este mês que é para mim tão especial, a criança vai "casar " os anos, 8 no dia 8, a F. é uma querida amiguinha, muito tagarela e muito fofinha.

Abril também é para mim um mês de renovações e aquele mês em que há mudanças. Começam as primeiras culturas (odeio favas, mas já se comem cá por casa), as batatas estão viçosas, começam a despontar as primeiras vagens de ervilhas, as flores das árvores provocam-nos encantamentos e deslumbramentos.

Um mês de esperança.

Abril águas mil, mas com peso conta e medida para não estragar, só aliviar e ajudar os que precisam tanto dela, ou seja TODOS.

 

03
Abr19

Entes queridos

m.

Nesta fase da vida em que começam a desaparecer aqueles que tu sempre conhecestes e admiraste, estes dias cinzentos e tristes, carregados de tristeza, mas também de lembranças das boas, em que todos juntos recordamos, homens, e mulheres que foram exemplos para toda a família, e que vão ficando velhotes e o seu tempo connosco está a terminar ou já terminou.

Ficam as memorias, dos tempos que passamos juntos.