Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

a herança do vazio

a herança do vazio

27
Nov17

Segunda de insónia

m.

Depois de uma noite de insónia, quando o despertador tocou, só me apetecia virar para o lado e dormir, e ponderei ficar a descansar em vez de vir trabalhar, mas só até  começaram os barulhos tão característicos das obras, que tanto fazem pela economia e nada pelo meu descanso, assim levantei-me como quando de ressaca, só que pior, e lá vim trabalhar, parece que há dias assim, e lá terá de serà a base de cafeína, muita, porque isto assim não se aguenta.

Bom tirando a preguiça do sono, aqui os barulhos mais característicos são das pessoas que passam no corredor, dos nossos passos, e das nossas tarefas, mas esses barulhos não sendo insuportáveis são toleráveis e tolerantes, também comigo.

 

 

Mais sobre mim

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Arquivo

  1. 2018
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2017
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D