Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

a herança do vazio

a herança do vazio

25
Mai17

Maio sem trovoadas ...

m.

Onde já se tinha visto, e hoje quase no fim do mês, ei-las, barulhentas e cinzentas, com faíscas e sons assustadores, mas que me remetem para a infância e para as "cantilenas" que se diziam, sobre a trovoada e para as afastar, não posso dizer que tenha medo, mas sim respeito, porque ás vezes é mesmo assustador, e as gotas que caem parecem cristais luminosos que refrescam os terrenos e nos lavam a alma.

 

Adoro Chuva!!!!!!